27 de jan de 2010

A Serra








No Palácio do Bandeirantes tem uma Serra,
Que se acha muito alta, pelo menos parece,
Na ruas da cidade tem muita água,
E às vezes com muita água o Serra padece,
quando a natureza desobece,
E a população quem sabe, agradece!

Emerson Reinert

2 comentários:

matheus disse...

Será que os alagamentos, enchentes, desmoronamentos estão acontecendo somente em São Paulo? Ou melhor, no Estado de São Paulo?
Rio de Janeiro (Angra dos Reis), Rio Grande do Sul e em Minas Gerais não aconteceu nada?
Será que nesses estados e nos demais recantos do meu Brasil varonil só acontece uma "marolinha"?
Agora, ano político, é o momento ideal para explorar o quê os candidatos à Presidência fizeram ou deixaram de fazer.
Ocorre que, eventos naturais não tem como mensurar os danos.
Se fosse culpa do Serra, por analogia, também devemos atribuir a culpa do desmoronamento em Angra dos Reis e os desmoronamentos nas rodovias federais ao Presidente Lula, já que ambos pertencem à União!

Emerson disse...

Sabia que você não ia gostar desse Matheus, mas isso é Democracia, agora já morreram 65 pessoas desde o começo do ano e o governo de SP nada fez. Nem na TV o Serra aparece para dar explicações, lógico não quer colar seu nome com essa chuva toda.
O desmoronamento em Angra, àquilo sim foi natureza, em SP o que ocorre é uma grande incompetência administrativa, não há como fechar os olhos pra isso. E se vamos comparar o que os Presidente fizeram, estou prontinho. Rs e valeu por sempre comentar!