26 de dez de 2011

A Reinvenção!


O importante não é amar,
o importante é saber amar.
E quando eu não esperava mais,
quando, talvez, não queria mais,
você simplesmente veio,
me olhou, me apaixonou e me reinventou.
Sim, o amor nos reinventa.
Pra melhor ou pra pior.
Porque, ou pegamos nossas melhores coisas e as melhoramos mais ainda, com um pequeno medo de quem ama, de perder a pessoa amada, ou.....
Ou potencializamos de mais nossos medos e fraquezas e nos deixamos levar por nossos piores pensamentos e sentimentos e nos tornamos ainda mais fracos.
E você está me reinventando pra melhor,
porque eu estou me reinventando pra melhor, pra você.
E se reinventar não é feio, quando sabemos onde queremos chegar.
Quando temos nossos sonhos e quando pessoas especiais fazem parte deles.
E você faz parte dos meus, pouco a pouco vou reinventandos meus sonhos e descobrindo que não é preciso ninguém pra ser completamente feliz, mas
que é muito melhor quando se é feliz e se quer dividir essa felicidade com alguém.
E é melhor ainda quando esse alguém é uma princesa.
Princesa com olhos perfeitos de diamantes, que quando brilham ao meu lado me fazem perceber que a riqueza está nesse sentimento, puro, meigo e lindo que você está me ensinando a simplesmente sentir e viver, o amor.

Emerson Reinert

"Cada qual sabe amar a seu modo; o modo, pouco importa; o essencial é que saiba amar."

Machado de Assis

9 de dez de 2011

Fugitivo Amor

Não há como para-lo.
Nem seu eu quisesse eu conseguiria.
Cada dia, cada minuto, cada segundo.
E com isso, ele mudou meu mundo.
Nem nas horas sem você,
quando saudoso eu fico,
nada o impede, ele só cresce.
Ao seu lado,
Ah, ao seu lado,
sem explicação,
é só paixão, calma e
porque não ...
Não há como parar.
Você me surpreende, sempre quando você se supreende.
E assim ele aparece,
em cada suspiro,
antes timído,
como sua detentora,
ele vem vindo,
lindo,
de um conto de fadas fugido,
ele vem vindo!

Emerson Reinert

28 de nov de 2011

SEU OLHAR

Sim, dizer que foi a primeira vista seria exagero,mas, desde quando ele entrou na minha frente,
nunca mais me deixou.
Ele me marcou,
me enfeitiçou,
e agora me apaixonou.
Nele eu me perco,
pra me encontrar cada vez mais.
Quando vejo ele,
você sempre me pergunta:
"O que foi!?"
fico sem responder,
tentando entender,
como tão perfeito,
SEU OLHAR pode ser!


Emerson Reinert

18 de nov de 2011

Manifesto da Imperfeição



E quem disse que nada é perfeito?
Quem falou que amor tem que durar pra sempre?
Amo tanto, e tão intensamente,
que o amor é no meu ser algo simples,
as pessoas complicam,
falam que ninguém é perfeito,
que somos meros mortais, normais, de carne, osso e desejo.
Somos e por isso somos perfeitos.
Como é perfeito um sorriso, um olhar, um toque, um suspiro.
Ah, um suspiro, é muito perfeito.
Àquele ao pé do ouvido, que nos arrepia a espinha e mexe com tudo, TUDO.
Amor, é gostar, fazer o bem, nem que seja por um segundo,
quantas vezes já amamamos fazer algo tão intensamente que nos confundimos até com o algo a ser feito,
como escrever esses versos,
Amo, já amei diversas vezes e amarei quantas vezes mais que ainda nem sei,
Amigos, familiares, namoradas, amantes, crianças,
Crianças, seres perfeitos, puro, lindos,
verdadeiros anjos, que perdem com a idade sua a capacidade de fazer os outros sorrirem, sem saber porque.
Tem coisa mais perfeita que amar uma música, àquela que nos lembra até do cheiro que sentimos naquela ocasião?
Amor não acaba, se transforma, em amizade, admiração, saudade, raiva,
nada é como agente quer, mas e daí?
O máximo que podemos fazer é aceitar e aproveitar.
Quem teve razão, se é que tem razão?
O que importa é ser feliz e viver em paz.
Não tenho religião, mas não sou pagão.
Sou do bem, um eterno amante das pequenas coisas, da coisas perfeitas,
que por serem imperfeitas, são muito mais perfeitas.
Paremos, por favor, de falar coisas que só nos levam a nos diminuir.
Eu sou perfeito, todos nós somos. Perfeitos com nossos erros.
Eu te amo, e amo muito tudo isso. É bom amar, não se negue a isso. E por favor, nunca duvide disso.
Estamos aqui para viver, amar e sermos perfeitos para os outros e principalmente para nós mesmo.


Emerson Reinert Pereira Tokarski

14 de nov de 2011

Meu Sonho


Faz pouco tempo que descobri que é possível sonhar acordado.
É só abrir os olhos e ter você ao meu lado.

Emerson Reinert

8 de nov de 2011

Pequeno grande Coração

Ninguém sabia, nem eu, nem você.
Ninguém sequer imaginaria,
que isso aconteceria,
você viria,
eu me apaixonaria,
você, sim responderia.
E sim, você veio,
não como furacão, que tudo bagunça.
Você veio como a Lua,
Linda, meiga, doce e pura.
E antes que eu piscasse,
minha paixão já era sua,
você me tomou pra ti,
com seu toque perfeito,
seu olhar sem receio,
apagou o medo sem explicação,
e fez despertar de novo,
meu; e agora seu, pequeno grande coração!

De: Emerson Reinert

3 de nov de 2011

O gato, o rato e o Príncipe


O Gato bebe leite,
o Rato come queijo,
e eu, agora, não vivo sem seu beijo!



Emerson Reinert

31 de out de 2011

Happy Hallowen

Estava vibrando,
eu já havia sentido.
Eu sabia que estava perto.
Eu disse que estava perto.
Elas chegaram.
Não sei qual veio primeiro.
Sei que os versos estão cheios.
Se pudesse escreveria tudo que sinto.
Mas, calma,
A paz chegou,
A princesa chegou,
Elas chegaram.
Em plena noite de halloween, elas chegaram.
E eu sorrindo, sorrio.

Emerson Reinert

27 de out de 2011

Segredo

Eis que você chega,
e mudou o dia,
Eis que a noite chega,
e você já sabia.
Eis que me escondo em minha fantasia,
seu olhar brilha,
com seu sorriso, vem de novo o dia,
e minha vontade me guia.
Eis que nossos lábios se tocam,
tudo está escuro,
mas agora estou mais seguro, mais maduro,
e muito mais em paz comigo e com todo mundo.

Emerson Reinert

14 de out de 2011

Sua Teimosia



Pra onde você quer fugir? Nós já nos achamos.
Eu avisei e mesmo assim nos encontramos.
Pra onde iremos agora?
Se nossos corações teimosos em sintonia continuarão pulsando.
Então, te pergunto de novo.
Pra onde você quer fugir? Se enfim nos achamos.

Emerson Reinert

13 de out de 2011

Minha Teimosia

A minha teimosia,
me fará discordar de você, menina linda,
como o amor pode ser uma decisão,
se quem controla ele, nenhum de nós o controla,
que é o mesmo dono da paixão,
aquele músculo teimoso e imprevisível, o coração!

Há quem me chame de insensível,
mas o problema é meu coração terrível,
que quer ir atrás de um amor impossível!

Emerson Reinert

11 de out de 2011

Sinceramente!

Sinceramente, senhoras e senhores,
Cansei de ser hipócrita e falso moralista,
Hoje estou apreciando as flores,
Tento ser sim um bon vivant, mas sem ser frio ou calculista,
apenas estou aproveitando a vida,
mas agora, do meu ponto de vista!

Há tanto amor pra dividir,
Tantas flores à sorrir,
Tanto prazer pra repartir,
que, sério, pra que se reprimir!?

Se você me olha, eu lhe dou meu sorriso,
Se você me toca, lhe dou meu calor,
Se você me chama, esteja preparada,
pois, posso até me apaixonar,
mas você já vai estar apaixonada,
Nem que seja por uma noite, um dia ou mesmo uma madrugada.

Emerson Reinert


4 de out de 2011

Verdade


Não farei de vingança, muito menos de maldade,
você foi pro seu lugar, 
e eu achei meu eu de verdade!

Emerson Reinert
 

14 de set de 2011

O Reencontro


Há quase três meses sem escrever uma poesia,
hoje me perguntei:
Cadê os poemas, onde foi parar o poeta?
E aí, veio até mim, uma resposta que não percebia.
e enfim enxerguei.
hoje ando cultivando poemas, sendo a poesia e vivendo o poeta.



      *As palavras não estão mais perdidas, as frases não estarão mais vazias, o reencontro, o poeta voltou a vida!

Emerson Reinert

27 de jul de 2011

Trágica Imprensa

Cerca de 150.000 pessoas reunidas em Oslo para homenagear vítimas do massacre

Não podíamos deixar de citar aqui no blog o Massacre ocorrido na Noruega, onde mais de 70 pessoas foram mortas em dois atentados, por um extremista católico de direita ou podíamos né.

Essa é uma questão que venho me perguntando há tempos, porque nós ditos seres humanos, gostamos tanto e nos interessamos tanto por notícias trágicas ou ruíns.

Óbvio que todos já repararam que é só acessar qualquer jornal ou portal que de 90 à 95% das notícias são negativas, de mortes, assassinatos, sequestros, torturas e assim por diante.

E o que me deixa mais puto é quando acontecem casos como esse da Noruega ou àquele da Escola em Realengo e além de toda cobertura sensacionalista os jornais, tvs e sites ainda começam a divulgar imagens de vídeos feitos pelos autores dos ataques ou colocam no ar o manifesto feito pelos mesmos.

Bicho, o cara vai mata muitas pessoas, faz um montão de merda e ainda me vem os jornais e portais e colocam no ar a "justificativa" dos autores.

À quem isso interessa? À quem interessaria que a "justificativa" insana de muitas mortes seja lida ou vista por milhões de pessoas?

Interessa somente ao próprio autor que com certeza fez o que fez em busca de reconhecimento e de apoio à sua causa louca, que por estarmos em uma sociedade cada vez mais louca pode encontrar dentro desse manicômio mais loucos para apoiarem essas causas.

E o mais engraçado é pensarmos que a desgraça é o que vende como afirmam donos de jornais e daí vem uma das maiores empresas do Mundo, pregando em campanha mundial que mesmo com tanta coisa ruim por aí, os bons são a maioria....

Às vezes parece difícil acreditar nisso!

Emerson Reinert

*Texto escrito para o Blog: http://manchete-de-ontem.blogspot.com/

20 de jun de 2011

O Mundo em Preto e Branco


Preciso de vodka pura, sem gelo, sem nada.
Preciso de um tapa na cara,
Preciso derramar várias lágrimas, até ter minha alma lavada.
Não aguento mais o nada estampado na minha cara.
Preciso, preciso mesmo sentir de novo que há sangue em minhas veias,
que há um coração bombeamdo,
ou ao menos que há um coração!
Cansei do mundo em preto e branco,
preciso urgente recuperar minha visão!

Emerson Reinert

10 de jun de 2011

O que eu não quero....

A semana dos Namorados não poderia passar sem esse.......


Eu não quero que seus amigos saibam tudo sobre mim, só quero que quando ninguém saiba onde você está, eles digam que você - provavelmente - está comigo.
Eu não quero que suas amigas falem de mim, só quero que você escute seu coração.

Eu não quero que tu ame as bandas que eu gosto, só quero que você me ligue pra dizer que ouviu uma música dela, e lembrou de mim.
Eu não quero ser seu guru, seu guia, seu mentor, só quero que saiba que minhas palavras são uma extensão do meu coração.

Eu não quero que você me dê presentes o tempo todo, só quero que em um dia aleatório, você chegue com uma margarida roubada do jardim do vizinho.
Eu não quero ser seu sonho mais bonito, algo que poderia ter sido, só quero ser perfeito pra ti enquanto dure.

Eu não quero que você fique me abraçando o tempo todo, só quero que você pegue forte na minha mão quando passar algum mal-encarado na rua.
Eu não quero ser seu segurança, quero apenas que ache em meus braços sua perfeita segurança.
Eu não quero que você me ligue o tempo todo, só que mande uma mensagem de madrugada, dizendo que não consegue dormir.
Eu não quero você grudada em mim, só que suas mãos saibam fazer o cafuné que valerá a pena qualquer dia da minha semana.

Eu não quero que você me leve para onde tu for, só quero que quando você voltar, diga que sentiu saudades.
Eu não quero te observar o dia inteiro, mas quero me apaixonar mais cada vez que eu te ver.

Eu não quero que você saia comigo todos os dias, só quero que em um dia qualquer você me ligue dizendo que está em frente a minha casa, me esperando.
Eu não quero passar uma eternidade com você, só quero que nosso beijo dure uma eternidade.

Eu não quero que você me faça declarações de amor, só quero que eu encontre meu nome escrito em algum canto do seu caderno.
Eu não quero que eu seja o motivo da sua felicidade, só quero que você me diga que as coisas passaram a dar certo depois que eu apareci.
Eu não quer ser sua felicidade, só quero que entenda que você ser feliz, faz o mundo ao seu redor ser mais feliz.

Eu não quero não te deixar ir embora, só quero a cena de você se despedir de mim, ligar o carro e 1 segundo depois sair dele e me dar um beijo antes de ir.
Eu não quero que você me chame de apelidos como amor, linda, fofa, só quero que quando perguntem sobre mim, suas pupilas dilatem e você diga ‘minha pequena’
Eu não quero entender como você ou porque você entrou em minha vida,
só quero que você não saia mais dela.
Eu não quero mais procurar, eu já te achei.


Por Patty e Emerson


Poema originalmente postado em 06/03/2011 - Parceria entre eu e a Patty do Blog: http://hippieechicks.blogspot.com/ 

8 de jun de 2011

Seu Mar.

Posso ser o mais forte,
ou o mais manso pra você.
Tenho outra paixão,
que vejo sempre nua,
ela manda em mim, Srta. Lua.
Te acaricio ou te salgo,
deixo você escolher.
Vou e volto,
de acordo com meu bel-prazer.
Fico bem com Sol,
mas brilho e noite enluarada.
Em mim podes amanhecer,
velejando em minha águas,
mas cuidado pra não se perder,
aqui dentro mergulhada
dentre tantas riquezas e maldições.
Sou imenso quase infinito,
sou seu Mar,
e posso ser tudo,
que você quiser inventar!


Emerson Reinert

*Verso republicado para a Semana do Dia dos Namorados, para inspirar os corações apaixonados. Originalmente publicado em 27.05.10.

7 de jun de 2011

Pequena Perfeição

Eu Te desafio,
Seja perfeita pra mim,
com seus defeitos assim,
Mas, supra os meus desejos e defeitos,
assim como eles são,
Te Desafio a ter como maior defeito, sua pequena perfeição
Se assim conseguir,
Te dou todo meu amor e meu coração.


Emerson Reinert

6 de jun de 2011

Coração Perdido

Em plena semana dos namorados, vos digo:
É melhor ter um coração partido,
que um perdido!

Emerson Reinert


19 de mai de 2011

Passáro Custoso ou Menino de Fogo?


Às vezes gosto de voar,
às vezes gosto de brincar,
às vezes sou passáro de fogo que canta ao teu ouvido,
às vezes sou menino custoso, te fazendo perder o juízo,
Sou o que queres, é só me fazer o pedido!

Emerson Reinert

10 de mai de 2011

BlogExpress: Maníaco da Saudade!

Pelo seu amor me tornei maníaco,
porém, incapaz de fazer qualquer maldade,
Tornaste-me assim com seu olhar afrodisíaco,
seu toque, seu corpo, que me mataram de saudade!



Temas sugeridos pela Nini via Facebook (afrodisíaco) e Tayara via Twitter (saudade).


Emerson Reinert

5 de mai de 2011

Chopp&VinhoTinto: Chef Knut


Mais uma vez, depois de uma breve parada, “o blog” nos proporcionou a oportunidade de conhecer um lugar diferente “na Goiânia”, dessa vez reunimos a galera e fomos ver “de qual era” a do alemão discretinho de nome diferente: Chef Knut

Situado na “Bervelly Hills” Goiana, como diria o Emerson, o CHEF KNUT tem um espaço simples, com decoração alemã, bem descontraído e aconchegante. Mesinhas de madeira, cozinha aberta onde vc pode ver o famoso (joelho de porco) sendo preparado (por um chef que, diga-se de passagem, é um charme).

O restaurante é familiar, no dia em que fomos o dono não estava, ele divide o tempo entre Goiânia e os navios onde cozinha. Porém a esposa e a enteada estavam e foram super gentis e atenciosas conosco.

Especialmente nesse dia (quarta feira) estava tendo música ao vivo: saxofone... Pensem que delicia... Quase chorei de emoção...

A comida especificamente não é das minhas preferidas, muito gordurosa e pesada. Logo, muito saborosa também... Afinal nossas papilas gustativas pulam de emoção e produzem sei lá quantas substâncias de prazer, sabor e loucura quando entram em contato com gordura saturada... Então, lendo a definição e historia, oferecidas no próprio cardápio do restaurante, descobri que é uma comida que surgiu para preparar e “sustentar” o povo após longos e rigorosos invernos durante a guerra e no pós-guerra. Ou seja, beeem diferente da nossa realidade tupiniquim calorenta e sedentária do cerrado.

Experimentamos os mix de salsichas, as variedades de carne de porco, que aliás é o “carro chefe” do cardápio, muuuito porco nessa hora. As mostardas, em diferentes intensidades, na forma de bisnaga são uma diversão a parte, aliás Julinha de 3 anos, filha do casal Adriane e Alberto, se divertiu comendo com o dedinho a “pasta de dente” amarela e saborosa... Nós também... hehehe

Quanto as bebidas, acho que é um lugar ideal para os degustadores de cerveja, tem de todos os tipos, gostos, teores alcoolicos e cores... Também não é a “minha bebida”...

De opções vegetarianas o cardápio oferece: a polenta ao funghi (quero experimentar em uma próxima), salada com queijo. O resto é porco, porco, porco, queijos, presuntos, repolho (chucrute – também sou curiosa p/ experimentar), batata e mostardas, que ao menos aceleram um pouquinho o metabolismo... hehehe
Meninas, não deixem de ver os dias passarem no calendário que fica no banheiro feminino, que apesar de simples e não ter plastiquinho tem uma lixeira que abre em pétalas tb, e um calendário... ah! O calendário...

Enfim, vale a visita, principalmente aos amantes de cerveja e de uma típica comida alemã. Creio ser um restaurante mais “masculino”... Comida de “homem”... Né não Emerson?

Uai Carol, é sim, deve ser por isso que no banheiro de vocês tem esse tal calendário sexy/pornô (brincadeira), para agradá-las de alguma forma.

Realmente me surpreendi com o cardápio de cervejas que o pequeno Bistrô, se assim podemos chamá-lo, oferece. Sim, o lugar tem um cardápio somente para cervejas, com uma variedade de mais de 30 tipos de cervejas importadas, sendo elas da Alemanha, Irlanda, Itália, México, Áustria dentre outros países.

Tomei a cerveja Oittenger: “Uma das mais vendidas cervejas de trigo na Alemanha, a Oettinger Hefeweizen é engarrafada com as leveduras utilizadas em sua fermentação (“Hefe”), possuindo cor dourada turva e notas de cravo e banana típicas das cervejas de trigo bávaras. Suave e frutada, traz a alegria e a descontração típicas das grandes festas alemãs”

Putz, 8,6% (ou alguma coisa desse tipo) de graduação alcoólica e é uma verdadeira delícia, umas das melhores, se não a melhor cerveja de trigo que já tomei. Ah, antes bebi dois chopps Heineken.

E olha que só tomei uma cerveja, das mais de 30 tipos que o cardápio oferece, estou doidinho pra voltar e enxugar, aliás experimentar o cardápio todo, quem se habilita!?

O atendimento como a Carol já disse é caseiro/familiar, fomos atendidos pela despojada Camila, que sabe quase tudo da casa, por que algumas coisas ela teve que perguntar a sua mãe, mas foi bom, porque depois sua mãe e esposa do dono do local foi até a mesa para nos explicar o que estávamos comendo. Todos nós fizemos cara de quem entendeu, porque não entendemos nada e depois continuamos comendo porco porco e mais porco.

Bem, com certeza essa visita ficou com um gostinho de quero mais, mesmo porque os preços são um pouco salgados e não deu pra experimentar de tudo, mas vale à pena, tendo em vista a qualidade da comida e bebida.

Não podemos deixar de agradecer as presenças ilustres nessa visita do “Blog” da Nini, que já faz parte da equipe, do Leonardo, da Carina e da Juliana. Obrigado a todos que passaram por lá, cada vez mais as visitas vão virando uma grande experiência gastronômica/social, uma delícia.

Preço Médio por Pessoa: 55 reais

Não tem acessibilidade nenhuma. (ponto crítico)

Aceita cartões de crédito e débito.

Estacionamento: Não tem.

Não tem site.

Endereço: Rua 139, n. 377 (Rua Principal da Bervelly Hills, em frente a Originale Pizzaria.)

É isso pessoal, voltamos à ativa, pedimos desculpas pela parada no blog, mas prometemos reativá-lo cada vez melhor.

Esperamos suas opiniões também nos comentários.

Para ver os outros textos do " Chopp&VinhoTinto"  é só clicar no menu do blog no nome da Coluna que lá está todos os restaurantes/bares visitados até hoje.
Muito Obrigado a todos.
Carol Morais - @Carolmoraisnut e Emerson Reinert - @Emersonreinert

4 de mai de 2011

Insistente Calmaria

 
A chuva passou,
e com ela a inspiração levou,
a poesia assim, secou.
O frio chegou,
a alma invernou e
o coração congelou.
O tempo passou,
nada mudou,
pois, o cupido ainda não voltou*.
Mas, metido a poeta que sou,
rimando por ai eu vou,
até perceber que a maré virou!


Emerson Reinert

27 de abr de 2011

Dica: Sou + Cateretê - 50% de Desconto na Picanha!!!

Hoje vou falar da primeira empresa goiana a ter seu próprio sistema de Promoções Coletivas, o Cateretê Restaurante Bar.

Sim, o Cateretê lançou na madrugada desta quarta-feira sua primeira Promoção Coletiva própria, ou seja, realizada em seu próprio site: http://www.caterete.com.br/

As promoções coletivas do Cateretê receberam o nome de "Sou + Cateretê", para se alinhar com àqueles clientes amantes das carnes e pratos do Cateretê.

E para estrear essa nova ferramenta o Cateretê colocou seu carro chefe para causar impacto: A Picanha Maturada. A promoção é: 500gr DE PICANHA MATURADA DO CATERETÊ COM 50% DE DESCONTO! Você paga somente R$23,75, quando iria pagar R$47,50!

A promoção é somente para o Cateretê unidade Oeste no período noturno.

Bem, pra quem quiser conferir a promoção está no site e será para os primeiro MIL CUPONS. Basta clicar na imagem abaixo para acessar a promoção.


Espero que tenham gostado da dica e fica também uma outra dica do Cateretê, a Roda de Samba aos Dominhos com Ricardo Coutinho e Balaio de Bambas, que fazem um samba de muita qualidade, vale a pena!!!


Emerson Reinert / @emersonreinert

18 de abr de 2011

Sobre homens, árvores e amores....


Vejo a maioria das minhas amigas, solteiras ou não, insatisfeitas com o “comportamento masculino”. Utilizando-se de frases que tem virado clichês, “os homens andam tão estranhos”, “não sabem o que querem”, “não querem nada sério”, e por aí desenrola uma ladainha de lamentações, seguidas de conselhos, tão clichês quanto as próprias, indiferente do tempo, das situação ou das pessoas envolvidas. “Ele não ligou? Não mandou mensagem? Não te pediu em casamento? Não te salvou da torre do dragão e não te colocou no lombo do cavalo branco? ELE SIMPLESMENTE NÃO ESTÁ Á FIM DE VOCÊ. Será?

Será que todo amor tem que ser avassalador, arrebatador e instantâneo? Será que em dois olhares, uma saída e uma conversa, você tem que saber que aquela pessoa é o “amor da sua vida”?

Que tipo de relação funciona assim? Que tipo de relação de sucesso se constrói assim? Você faz amizades assim? Decide onde quer viver para o resto da sua vida assim? Eu não…

Eu quero acreditar, e principalmente aprender, que relações são construídas, sejam elas amizades, romances, sociedades, amores… E não impostas, me ame agora ou suma, esteja pronto ou desapareça. O que é isso minha gente? Onde vamos chegar com tanta desconfiança e agressividade? Eu respondo, exatamente onde já estamos agora, todos sozinhos, perdidos, loucos por alguém, mas sem conseguir RELACIONAR-SE…

Começo a pensar que a maioria das mulheres não querem efetivamente amar, querem ser salvas, tomadas e levadas para o reino do “so so far away” bem longe da vista do dragão (que talvez seja tudo aquilo que a gente nem quer ver… Mas que fazem parte da nossa vida…). Algo como “vamos fugir para outro lugar… Onde a gente escorregue…” Ou seja, busca-se um companheiro de FUGA e não alguém para dividir a vida, CONviver, com dragões, jacarés e bruxas?

Dessa forma colocamos os homens no papel de réu, prestes a serem julgados, cobrados, e riscados da “listinha de possíveis pretendentes”, caso ele não se enCAIXE, no papel de príncipe que alguém um dia determinou que ele deveria cumprir. Ser, humano, deixou de ser direito, e passou a ser defeito.

Esse homem, não pode ter medos, angustias, dúvidas, sequer tempo, para te conhecer, ele tem que rapidamente, simplesmente e decididamente te olhar e a partir daquele momento doar a sua vida, seu trabalho, sua família e sua herança toda em seu nome, porque você TEM QUE SER, a mulher da vida dele. Ele tem que se jogar na relação como alguém que salta no abismo escuro, sem medo ou dúvida e não tem direito sequer a uma lanterna, que dirá uma corda…

Então é disso que vocês falam quando falam de amor? De um salto no vazio? Esse amor quero não hein…

Espero mais do que alguém com a cara quebrada no chão, áspero e duro que muitas vezes é a minha vida…

Eu quero me dar ao direito de mostrar que além do vazio, e além de toda a dureza, há também no repertório do meu existir, jardins e pomares, e que, na época certa, se bem cuidados, estão sempre a florescer e frutificar, mas que para isso enfrentam chuvas fortes, cortes, secas, estiagens, como a natureza perfeitamente ordena e funciona.

Eu espero que o amor seja um plantio em solo arado, preparado, cultivado, cuidado, molhado, respeitado, para NA HORA CERTA, colher os frutos ou perfumar o ar com suas flores… “eu quero a sorte de um amor tranquilo com sabor de fruta mordida…” sabe???

As pessoas se esqueceram desse tempo, do tempo em que a fruta foi apenas uma semente, uma possibilidade, um talvez, uma aposta, mas que em união com um solo fértil e mais um montão de coisas, como chuva, nutrientes, vento, passarinhos, abelhas, acabou dando certo… Assim NATURALMENTE…

Vejo todos saindo por aí em busca de uma árvore pronta, já crescida, com fruta fresca, de preferência orgânica, adequada ao seu solo, que sequer tiveram o cuidado de preparar… Querem simplesmente que a árvore SIRVA… Não basta mais ter a mesma filosofia de vida, ter alguns gostos em comum, uma vontade de conversar, de estar junto e fazer amor gostoso… Não, longe disso, é preciso gostar, assim como você, do sushi de barbatana de tubarão branco dos mares da Austrália, senão NÃO SERVE. Não basta gostar de esportes, tem que gostar de arco e flecha praticado nos campos da Irlanda, senão NÃO SERVE. Oe? E a gente vai ser siamês então ne? Isso é o “combinar” que vocês falam?

E nisso se baseia uma séria de relacionamentos na filosofia do “time is Money”, fast-food, consumo, consumo, consumo… Seja o “combo” que eu preciso, “BIG”, que preencha e transborde todo esse meu vazio e rápido, e AGORA, pelo preço que posso pagar, o mínimo. Sirva-me agora ou te descarto… Te odeio e te ceifo sem o menor toque de compreensão, paciência ou respeito.

Depois se perguntam porque um após outro, não encontram ninguém que “queira um relacionamento”… Sem o menor senso de auto-análise se perguntam: “o que está acontecendo com AS PESSOAS?” “O que está acontecendo com O MUNDO?”. Eu devolvo a pergunta com todo o carinho e humildade: O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM VOCÊ MINHA FILHA?

Você já parou para pensar como estão eles? Os homens? Depois de tudo o que “conquistamos”, em uma sociedade onde a mulher faz questão de gritar e esgoelar: EU NÃO PRECISO DE HOMEM, eu me basto! Eu posso tudo! (E antes que as discípulas de Beauvoir me chicoteiem em praça pública, digo, PODEMOS MESMO. Inclusive retomar o lugar que nos é natural de mulher, feminina, sem com isso perder nossa principal conquista, o poder de escolha.) Voltando…

Você espera que ele esteja PRONTO, simples assim, como em gondolas de exposição, de preferencia em liquidação, pra você, independente que é, ir lá e “adquirir”, testar e descartar em caso de defeito “de fabrica”? Como você pode esperar isso, se nem você está pronta? Ou está? Não né… Ainda bem, porque uma pessoa pronta, na minha opinião, é uma pessoa acabada, chegou ao fim, evoluiu tudo, não precisa mais de ninguém, ou seja, já pode morrer… será que o amor só existe no paraíso?? Heheheh

Aí nessa loucura de gente se procurando sem se encontrar, criam-se “regras” modernas na tentativa, falida, de simular um modelo perdido da princesa no castelo cercado por fossos quase intransponíveis, só acessado pelo príncipe mais forte, mais lindo, mais rico, mais tudo do reino. Coisas do tipo: “mulher tem que ser difícil” (leia-se impossível); se ele realmente quiser, ele vai te ligar, te achar, te raptar, te salvar”. Você está proibida de ligar, mandar email, dizer que gosta, que tem saudades, ou seja, tranque-se na torre da calada e espere que se ele for “O CARA” ele vai dar um jeito…

Ah para né gente! Já passamos dessa fase, já conquistamos o direito de nos expressar, de dizer: – ei vamos devagarzinho, vamos nos conhecer, vamos ver as luas… Você tem medo? Eu também, mas tá tudo bem… vamos tentar… Enquanto isso a vida segue, a minha, a sua, e a gente vai compartilhando o que der, o que for possível, o que der vontade…” Sem deixar de lado o espaço das outras “coisas” da vida da gente, os outros amores, a começar pelo “próprio”, o amor da família, a realização no trabalho, o amor dos amigos e por aí vai…” é tanto amor e possibilidades de alegrias e vida na vida da gente. Porque raios, alguém achou que uma pessoa, um único SER humano seria capaz, e principalmente, necessário para preencher isso tudo? Porque mesmo?

Eu estou abrindo mão aqui e agora de um amor “avassalador”, dramático e arrebatador… Quero não viu “Brésil”… Quero um amor semente fértil pro meu solo, para crescermos juntos, tentando, ajustando, ciclando, conforme as luas e as estações… Enquanto isso, vou cuidando do meu solo, tomando meus cuidados, cerquinha branca em volta, porteira aberta, mas com “mata burro”, claro…

E, depois de tanta filosofia, me deu vontade de ir ali, abraçar uma árvore, afinal como já disse aquele “filósofo do you tube” “as árvores somos nozes”…

Por CAROL MORAIS - @carolmoraisnut

10 de abr de 2011

Grito de Abril


A vida nos facina mas de vez em quando nos maltrata,
sem dúvida uma sina, que de vez em quando acaba,
antes do tempo, antes da hora, na hora errada,
quem fica não entende, com a alma desconsolada,
chega de notícia triste, clamo sem dizer mais nada.
Aproveitemos a vida, antes que ela nos seja levada!

Uma singela homenagem às vítimas da tragédia no Rio.
Emerson Reinert

6 de abr de 2011

Chopp&VinhoTinto - Golden Bowll

Então, vamos as vias de fato sobre nossa visita ao Boliche : "Golden Bowll". Começa ai Carol:

A visita dessa semana, me agradou de cara, pela oportunidade de um programa fora do roteiro goiano “não tem mar, vamos para o bar”, movimento e diversão também entraram no cardápio.


Fomos ao Boliche. Parece que estão voltando a “moda” na cidade e espero que perdurem. Lá chegando já vestimos aqueles sapatinhos “lindos” que deixam qualquer um estiloso, ou nem tanto.


Adorei o ambiente, só achei que faltou uma musiquinha p/ animar as partidas ainda mais.


O cardápio é bem variado, vai desde os petiscos até pratos p/ quem quer jantar. Ficamos com uma carne na chapa c/ queijo que estava uma delícia. As bebidas tb tem de tudo, chopp, drinks e uma carta bem variada de vinhos


Fiz até strike (vejam o vídeo)...

Mas depois meu placar ficou no 0 a 0... Consolada na esperança de que azar no jogo, sorte... Pois é... Que venham os strikes e muita sorte!

Tudo bem Carol, não se lamente tanto, na próxima te dou uma chance prometo, já que esse que  vos escreve que ganhou 2 das 3 partidas disputadas. E mais ainda era para eu ter entrado no Ranking dos 10 melhores do Boliche, mas devido a uma informação errada do garçom, a moça fechou nossa mesa antes de me colocar no Ranking. Primeira falha no meu ponto de vista, foi tão difícil fazer 141 pontos.......

Mas, falando sobre o local eu gostei muito. A entrada teve um pequeno problema, pois ele fazem um cartão para cada pessoa e moça que estava no momento era novata então deu uma enroladinha, mas nada demais.

Entrando lá, você tem a opção de ficar em um grande bonito bar ou ir ao boliche, ou mesmo às mesas de sinucas. Todos os ambientes muito profissionais por sinal.

O cardápio tem ainda sanduíches. Tomamos dois litros de daquelas torres de chopp, que fica bem barato por sinal.

No final das contas a noite foi super divertida e também espero que os boliches continuem em Goiânia. São sem dúvida uma boa opção de descontração, se bem que sou meio competitivo.... rs....

Ah. não podia deixar de comentar o vídeo da Carol, com sua super técnica braço gangorra.... ela fingi que não sabe jogar na primeira jogada e depois faz um strike.

E como não poderia deixar de ser um vídeo do profissional da noite, eu! rs....... Confiram:


Tenho que confessar que foram necessárias somente duas gravações, sim só duas,  para filmar nossos strikes, sim sim, somos muito bons nisso, aliás a Carol mais ou menos, talvez foi o único strike dela na noite. Brincadeira Carol!

Desde já também agradeço e dou os créditos dos vídeos pra querida Nini, que é parte desta coluna, pois esteve até hoje em todas as visitas comigo e com a Carol. Obrigado Nini!!!

Mas, vou encerrar por aqui.....

Informações Gerais:

- Aceita Cartões de Crédito/Débito
- Preço médio por pessoa na visita: R$ 30,00
- Ambiente Climatizado
- Site: http://www.goldenbowl.com.br/ 
- Endereço: Avenida Mutirão com Av. Portugal
- Estacionamente: Não tem

Ah, e o que acharam do novo design do blog? Para esclarecer, criei páginas para organizar os posts, clicando nessas abas localizadas acima do post (texto) você verá meus versos e poemas em um página, todas os textos da coluna Chopp & VinhoTinto em outra e assim vamos nos organizando.

Também temos botões de compartilhamento para orkut e facebook dos posts e do blog em todo blog. É só clicar e indicar aos amigos. Além disso temos a enquente aqui embaixo para quem não tiver tempo de comentar, é só clicar no que achou do post.

O que acharam???

Obrigado pelas visitas e pelos comentários no último post da coluna de Leonardo, da Cau, Guilherme Reis, Relly Rangel e Danielle.


(clique nos nomes para nos achar no Facebook e Twiiter)


Já fizemos "Chopp&VinhoTinto" desses lugares abaixo, é só clicar no nome para ler:
- Bendita Tapioca
- Trupe do Açaí
- Carne de Sol 1008
- Baobá

31 de mar de 2011

O Desabafo do Palhaço

Como poeta sonhador vos digo,
aonde está o amor?
aonde está o amor além dessas linhas?
A poesia está cansada de mentir.
O poeta está cansado de se iludir.
Então melhor assumir, o poeta sonhador,
virou o palhaço do amor.








Emerson Reinert Pereira Tokarski

29 de mar de 2011

E você!?

O universo conspira,
as estrelas escrevem,
a Lua susurra,
o Sol ilumina,
o vento abre o caminho,
a chuva nos aproxima,
a Terra já não gira,
nos protege,
meu corpo pula,
meu coração respira,
minha alma já enxerga
e nossos beijos já sabem o que querem...


Emerson Reinert

27 de mar de 2011

Chopp&VinhoTinto: Bologna

Goiânia “apaulistou” essa semana, com muita chuva e um climinha cinza super civilizado. Logo, veio aquela vontade de comer uma coisinha mais comfort, mais quentinha, mais europa... Assim, aproveitando a nossa razão semanal de sair de casa, “o blog” da semana foi em um restaurante italiano.


Porém como não somos comuns (ainda não sei se isso é bom ou ruim), resolvemos ir no italiano mais antigo da cidade, o Bologna, não necessariamente o mais famoso, aliás acredito que poucos da nossa geração o conhecem... Eu tinha ouvido falar, especialmente através do amigo Reily Rangel, assíduo frequentador da casa juntamente com sua esposa Carla (que frequenta desde pequenininha) e família...


Enfim, na terça feira já queria ir almoçar na casa, porém, qual a minha surpresa ao chegar lá, NÃO ABREM AS TERÇAS. Finalmente, fomos na quarta à noite... Marcamos as 20hs, já que a FECHAM AS 22HS durante a semana. Bem Italiano né... Lembrando que por lá, na Itália, são capazes de fechar os restaurantes para almoço e durante as férias... rsrsrs El dolce far niente...


Programas no centro da cidade, por si só já me agradam, tem um quê de vintage, de inusitado, de charme, enfim, já é lugar incomum no meu itinerário... á noite, quando acaba o burburinho e sobram as lojas fechadas, mil vagas para estacionar então...


Uma portinha, com um luminoso comum, é assim a entrada do restaurante. Seguido por uma escada, que se abre para um ambiente simples, uma sensação de que viajamos no tempo e no espaço, com cara dos restaurantes de antigamente, mesas de madeira, forros brancos, quadros antigos com fotos e referências da Itália...


Cheguei pontualmente, diferente do meu parceiro de coluna (aqui sempre rola DR né gente... rsrsrs)... O que acabou sendo bom, tinha 3 livros na bolsa, 1 Fernando Pessoa, pedi uma taça de vinho da casa, comecei a ler “Tabacaria” e tudo me pareceu perfeitamente adequado no tempo e espaço... Inclusive o vinho barato...


Chegaram as pessoas, escolhemos os mais pedidos e indicados, segundo os garçons e o que já tinham me dito: capeleti ao creme, bife a parmegiana e tagliatelle a bolognesa. Mas, antes do veredicto final, acho que estou esquecendo de alguma coisa, ah o Emerson... direita


Ainda bem quem lembrou de mim Carol.....


Então....Entrar em um restaurante descendo as escadas é sempre uma sensação muito melhor do que subi-las. Eu penso assim e me sinto assim, como se estivesse entrando em outro mundo e deixando nosso mundo superficial para trás. Então, assim comecei bem entrando no Bologna.


E realmente você estar em pleno centro da Cidade e entrar em um restaurante italiano com quadros com paisagens da Itália, um senhor de mais de 90 anos no caixa, dentre outras coisas, passa a sensação que você viajou para algum lugar.


Mas, acredito que a Carol já falou melhor dessa sensação que eu. Então vamos a algumas considerações quanto ao restaurante em si. Primeiro ponto à favor foi que os pratos saíram bem rápido, tá bom que tinha somente 4 mesas, mas foi bem rápido.



A minha opinião da comida em si, foi que criei muita expectativa pela sensação passada pelo ambiente em si e assim achei que os pratos não atenderam tais expectativas. Tudo o que comemos estava de bom para muito bom, mas talvez pela expectativa criada por mim mesmo me desapontei um pouco.


Achei que comeria uma massa nunca antes vista na história desse país, mas não foi bem assim. Ficou um pouco acima do comum, mas nada demais. Aliás, em tudo na vida quando se cria muita expectativa às vezes a coisa pode até ser boa, mas se a expectativa é muito grande, acabamos nos decepcionando um pouco. Estou divagando um pouco hoje né, mas vamos continuando.


Adorei o atendimento, que é feito por garçons de verdade, homens que sabem realmente servir o cliente e parecem viver daquilo por muito tempo.


Eu (Carol) achei tudo uma delícia, veramente italiano, sabores suaves, puros, simples, massa leve (feita no próprio restaurante a propósito) bem diferente disso que nos vendem como “comida italiana”...


O que pode trazer essa decepção, como ocorreu com o Emerson... Questão de costume... por isso... se for, tenha o cuidado de desconstruir o que você conhece por “comida italiana”, de maneira geral. (#FicaAdiKa).


Concordo com o Emerson, os garçons são um acontecimento a parte... Meio fechados no começo, mas gentis e atenciosos com o tempo (daquela que desenvolve uma relação com os garçons... rsrsrs)



O ponto negativo da minha opinião, eu Emerson, é o seguinte: eles são o restaurante mais velho de Goiânia (foi o que ouvir dizer). E eu que vivo disso, nunca tinha ouvido falar deles. Ou seja, na minha humilde opinião eles pararam no tempo em certas coisas como fazer uma marca forte em Goiânia.


Apesar de saber ou terem me contado que lá lota nos almoços de finais de semana. Mas, vai ver esse seja o estilo que querem atingir ser algo tradicional, apenas acho que hoje temos milhares de exemplos no mundo que o tradicional consegue evoluir sem perder suas raízes.


Sei lá, é minha opinão.... Por exemplo, não passar cartão de crédito, é ultra ultrapassado, mas de boa, mesmo porque não paguei a conta por causa disso.


Aliás, A PRÓXIMA SAÍDA É POR SUA CONTA EMERSON! Hehehehe


Sobremesa?


Um pudim de leite condensado bem bom...


Não sei se na Itália tem pudim, mas no Goiás a gente adora né? Rsrsrs.


Ah e todo mundo na saída ganha um pirulito, das mãos do próprio senhor Guido (mais de 90 anos e proprietário do restaurante)...


Bom é isso, Bologna valeu a viagem...


Até o centro da cidade.


Qual será a próxima?


Vamos colocar algumas informações a mais sobre os restaurantes a partir de agora, seguindo sugestão do Leornado Magalhães:


-Não tem site

-Preço Médio (+-) por Pessoa na Visita: R$ 28,00

- Não tem acesso para cadeirantes. - Ambiente Climatizado.



Agradecemos também os comentários sempre pelo twitter, facebook e dos comentaram por aqui a Cau (Clarissa), o Jean e a Alessandra Neri.


E só pra constar o blog teve recorde de visitas nessas duas últimas semanas foram mais de 1300 visitas em 15 dias, obrigado de verdade a todos!


E por favor fiquem extramamente à vontade para compartilhar/indicar nosso blog no facebook e twitter postando nosso link: http://pensamentosdiretos.blogspot.com/


Lembrem-se sempre Carol de letra Vermelha e Emerson de Azul.


É isso e obrigado sempre...



(clique nos nomes para nos achar no Facebook e Twiiter)


Já fizemos "Chopp&VinhoTinto" desses lugares abaixo, é só clicar no nome para ler:







Links e Matérias Relacionadas:



25 de mar de 2011

Pensamento Direto

Psiu, não passe pelo seu caminho.
Passei pelo seu caminho,
antes que você chegue ao fim.

Emerson Reinert

24 de mar de 2011

#BlogExpress: Masmorra

Ele voltou!!!

Derrubei duas milhares de soldados,
já passei pelas mais escuras montanhas,
já venci alguns medos, os meus,
Já vejo o Castelo,
Dele me aproximo, para salvar-te da masmorra.
Agora falta derrotar a Fera: seus medos.
Pra enfim chamar a Princesa, de minha moça.
Prepare-se. O Guerrilheiro do Amor voltou!


Tema sugerido pela Giovanini - Masmorra

Emerson Reinert

18 de mar de 2011

Chopp&VinhoTinto: Bendita Tapioca


Como estão todos? Espero que bem, porque nós estamos muito bem e felizes com a escolha que fizemos essa semana. E nada melhor que acertar nas escolhas né. É bom demais quando você convida alguém para ir a algum lugar e tudo dá certo e foi isso que aconteceu na "visita" dessa semana. Foi uma Bendita escolha irmos à Bendita Tapioca!

Mas, vamos começar do começo.

A primeira vista temos um problema. Sem estacionamento no "baixo oeste" (setor oeste) quase centro. A noite deixar o carro naquelas ruas ali é um pouco perigoso, mas é amenizado por dois fatores. É bem perto da Assembléia Legislativa, na Alameda dos Buritis mesmo. Então, por ser próximo e a Assembléia ter policiamente o tempo todo "ajuda" um pouco. E tem um segurança do próprio estabelecimento que fica "de olho" nos carros.

Mas, isso pode virar problema, pois se algo acontecer com o carro, eles não vão se responsabilizar e o cliente vai querer jogar a culpa neles e assim por diante, mas....

Deixemos isso de lado porque foi tudo muito bom a começar pela casa que é um atrativo a parte bem conservada no seu estilo Art déco.


O ambiente interno tem uma decoração bem aconhegante e tranquilo, com uma iluminação intimista e em algumas paredes fotos históricas de Goiânia, que mostram como já foi nossa Capital, que valem a pena ser conferidas.

Mesmo o ambiente interno sendo "incrível", o quintal é mais o meu estilo. Mesas em uma varanda, de frente para um gramado com jabuticabeiras e no fundo ainda um belo espaço infantil. Tem mesas no gramado com guarda-sóis, que havia sido a minha escolha, mas que por falta de espaço tivemos que deixar e voltar para a varanda.

Só pelo lugar em si, eu já iria embora contente, pois realmente os espaços são muito aconchegantes e te levam a pensar que estamos longe de Goiânia, quem sabe em Piri ou em Arraial D'Ajuda.... quem me dera.

O melhor é que não fica somente nos ambientes as delícias do Bendita Tapioca, que aliás vou dar um pitaco chato, a decoração da varanda pode ser melhorada, não sou a favor de banner na parede anunciando produto, não tem a ver com o clima do lugar.

Então, voltando ao cardápio. Pra começar eles tem variedade, mas não é tão extenso e sabe mostrar que a casa cuida dos clientes. Porque? É uma casa especializada em Tapioca, que daqui a pouco vamos falar, porque é MUITOOOOO BOA, aliás boa pra CA%$!L#O! Mas, e se você for comemorar seu aniversário lá e alguém não gostar de tapioca? Sim, tem outras opções. Pratos montados que parecem ser muitos saborosos, carnes, frangos e peixes estão entre as opções e ainda saladas muito bem montadas.

Tem também a opção de pratos executivos que são, se não me engano, para o almoço de segunda à sexta-feira.

As bebidas são outro show a parte. Milhares de sucos, sim milhares, muitos mesmo, várias misturas, que dão água na boca. Ainda cremes com o mesmo tanto de opções e ainda tem refrigerante também, vinhos boa variedade, whisky, licores e muitas opções de cervejas, tanto as tradicionais como premiuns como Baden Baden e Eisenbahn. Realmente me surpreendeu muito a extensão das opções, mas nada que deixe o cliente confuso, pelo contrário se eu pudesse pedia tudo junto, suco, vinho e cervejas. Ah, tem cafés diversos e até chocolates, uma verdadeira delícia que a Carol adora sempre e faz questão!!!


Agora vamos ao principal da noite as TAPIOCAS EXCEPCIONAIS! Começa pela variedade, são 27 tipos entre salgadas e doces que, assim como as bebidas, o difícil é escolher qual delas ou quantas delas você vai comer. Tem as tradicionais e algumas diferentes como com bacalhau, salmão, e etc...

Você pode demorar pra escolher, porque elas saem muito rápido, pelo menos sairam quando fomos e não estava vazio. E quando chegaram, a noite ficou ainda melhor.


A começar pelo tamanho, são grandes e a apresentação faz você querer devorar.

Vamos a massa, é bem diferente daquelas que comemos no café da manhã de algum hotel do nordeste ou na rua das cidades praianas. Pois é, você gosta de tapioca e acha que aquela massa sequinha e crocante é boa né, mas experimente a massa da Bendita.... Putz, é macia, e com uma textura sem palavras.... cara, é muito bom! E os recheios então, faz você não querer parar de mastigar! Eita, falei demais, cadê a Carol?

Só você mesmo Emerson, vejo que está quase vivendo um caso de amor com um estabelecimento e uma tapioca, ou várias, né Emerson? (Cuidado Carol, meio dúbia essa frase, assim vc me compromente... RS...)

Mas, como não se encantar com esse lugar? Em uma região meio central, meio setor oeste, fora de todo o circuito “gastronômico” tradicional e óbvio “da Goiânia, como o Emerson bem descreveu é uma casa antiga, bem revitalizada, uma coisa meio Pirenópolis, meio Goiás velho, com um quintal delícia, sou fã incondicional de quintais, se tiver jabuticabeiras então, sou capaz de chorar de emoção. Rsrsrs

Um lugar que vale a visita pelo ambiente, decoração e cuidado nos detalhes, dos mosaicos de azulejos no chão de cimento queimado até o espaço no fundo da casa reservado p/ as crianças, com direito a quadro negro e parede cor de rosa p/ rabiscar com giz, adivinhem se me identifiquei?

Além da especialidade da casa, a tapioca, deliciosa, divina, bendita, maravilhosa, também tem outras opções interessantes, e o melhor SEM GLÚTEN, como cuscuz de milho.
Comi a tapioca de carne de sol com queijo coalho e estava, realmente, bendita.




Os sucos também deram um showzinho a parte, misturas super inusitadas e funcionais, quase não gosto disso né? Pedi um de abacaxi, maçã e hortelã... booommmm

As tapiocas doces (sim tivemos que fazer esse sacrifício pelo blog), estavam excepcionais, ficamos entre a de coco (fresco ralado) com leite condensado e a de nutella com morangos (os morangos foram por nossa conta, mas acho q eles deveriam incluir essa opção no cardápio). Nham nham nham...

Ah! Uma coisa que fiquei com vontade de experimentar foi o pudim de tapioca, preparação bem típica, mas que normalmente só se come na casa de alguém, ou no nordeste...


Pra mim só tem duas coisinhas que precisam melhorar nesse estabelecimento, o primeiro é tirar a tv da varanda, ou colocar um dvd de música, imagens, mas nunca, jamais em tempo algum, tv aberta. Quebra todo o clima, na minha opinião. Ambiente precisa incluir também o som que é algo capaz de salvar, fazer ou até acabar com qualquer noite. Música é perfume, como disse Maria Betânia, ou seja, sensações, sensações...

Outro ponto a ser melhorado é o banheiro (vcs acharam q eu não ia tocar nesse ponto? Rá), apenas um, para a quantidade de pessoas que a casa comporta, acaba sendo pouco e difícil manter a limpeza e organização...

Fiquei sonhando em voltar com minha avó e tias p/ tomar um chá da tarde, com cafezinho e cuscuz, com minha afilhada p/ ela rabiscar a parede cor de rosa, com meus amigos para conversarmos na mesa grande no quintal e com um romance para tomar um vinho, debaixo da jabuticabeira, vendo a lua e sentindo a brisa... Ou seja, é um lugar que cabe todo mundo... E o melhor, apesar de servir tapioca, tem um clima bem goiano de resgate daquilo que vivemos de melhor o luxo das coisas mais simples da vida como um quintal...

Realemente Carol, é tão bom se encantar com coisas simples... então, parando de poesia e fechado o texto experimentei um pouco da tapioca de uma quase prima minha (RS) de bacalhau e estava melhor que a que eu comi que por incompetência minha e da Carol foi a mesma da dela, ela até imitou a o adicional de rúcula que pedi.

Mas, então bebi a Eisenbahn, cerveja do Sul que me lembrou a Oktobeerfest, mas isso é assunto pra outro tempo e estava muito bom.

Beleza, tudo bom maravilhoso, mas não posso deixar de falar dos garçons, eu quase ri, foi mal. A gente lá pedindo as tapiocas ai de repente o cara vira e fala:”- Duas 1 0 4 2 e uma 1 0 3 8 ?” Eu disse “KOMÉKIÉ?” (como é que é?).

Cara na boa, tem que saber o código é você amigo, decorar esse trem ou olha depois, faz isso com o cliente não. Moral, tivemos que abri o cardápio de novo e pedir tudo é códigos. Gente, código é pra internos, os clientes não devem e não vão saber disso, falem a língua do cliente, OK!?!?!?!?
Calma pessoal, jamais falaria isso pro garçom, tá bom jamais não. Se eu voltar lá e ele perguntar o código eu falo, pode ser assim? Tá bom, falo não, pronto.

E pra finalizar o preço é bom, eu diria muito bom. As tapiocas de sal ficam entre 5 e 15 reais e as de doce não sei porque não comi, mas deve ser isso. Pro tamanho que elas são, a maioria das pessoas se daria bem com uma só. Então pra uma refeição, seja café da manhã, lanche ou janta, tá um bom preço.

Importante também, eles abrem às 8:00hs da manhã e vão até 23 horas, ou seja, o dia que acordar disposta a comer tapioca e não estiver em Itacaré, nem Porto Segurou ou coisa assim vá ao Bendita e te garanto a tapioca será melhor. É isso, como sou bonzinho vou deixar a Carol quase finalizar....

Obrigado Emerson... Então , Esperamos ansiosamente, as opiniões e sugestões de vocês. Afinal essa é a razão dessa coluna existir, pessoas que leiam e comentem e amem a gente. Rsrsrs Pode discordar tb, mas com jeitinho que somos sensíveis... né Emerson? Seu liMdo?

Falei quase finalizar ali em cima porque já tinha lindo esse sentimentalismo todo da Carol e devo discordar, não somos sensíveis, afinal ninguém aqui fica escrevendo versinhos por ai, fica? Ah obrigado pelo liMdo, minha mãe também acha e vc também é. ( que coisa mais piegas esses elogios aqui né, desculpem gente!

Piadas sem graças a parte, é isso e fique sempre a vontade e como fiz no outro blog e vou fazer sempre obrigado pelos comentários da Camila, Rafael e Leonardo e todos que comentam e indicam pelo twitter e facebook, podem fazer isso sempre! Obrigado!

Já fizemos "Chopp&VinhoTinto" desses lugares abaixo, é só clicar no nome para ler:

- Trupe do Açaí
- Carne de Sol 1008
- P de Pizza
- Baobá