23 de jan de 2010

Onde vamos chegar?




Para tentar da uma dinâmica maior no blog, todo dia vou tentar comentar um fato, frase ou notícia.... então vamos lá:

Vindo pro trabalho, hoje, no rádio, CBN, um deputado distrital de Brasília diz:

"O que é melhor pagar 100 mil reais de salários para os suplentes, ou deixar a corrupção tomar conta de Brasília?"

A tempo:

- 100 mil , porque a justiça mandou os suplentes assumirem, no lugar dos envolvidos, somente nos processos referente as investicações no Caso Panetonegate - Mensalão do Demônia, ops, DEM.

- Assim, a Câmara do DF ficará com 32, em vez de 24 deputados.

- 6 dos 8 suplentes tem processos e problemas com a justiça e denúncias políticas.

- Arruda está mandando a polícia descer o cacetete em homem, mulher, criança, qualquer que proteste contra ele.

E ai será que é melhor mesmo?
Não seria mais decente, já que os deputados foram afastados dessas investigações, os suplente ratearem os salários com os efetivos?
Ah,o mais legal é saber que os deputados pegos em flagrante vão continuar votando outros projetos, como por exemplo, sobre educação. E ai?

Complicado!!!!

Emerson Reinert

Um comentário:

matheus disse...

"Tudo o que é ilegal é imoral, MAS nem tudo o que é imoral é ilegal"

Esse é o preço da nossa tão querida democracia. A Constituição Federal prevê princípios fundamentais como o estado de inocência, devido processo legal e, quando se trata de parlamentares... vixi... muitas outras garantias, como foi mencionado, o afastamento da legislatura, sem cessar o mísero salário.
Foi determinado pela justiça o afastamento dos parlamentares distritais, mas continuam recebendo, já que foram eleitos pelo povo, a sua eleição foi legítima, razão pela qual a sociedade deve arcar com ônus de cem mil.
É imoral manter parlamentares que estão envolvidos no sistema de corrupção, mas também é ilegal deixar de pagar seu salário. Seria moral os deputados suplentes ratearem o salário com os deputados afastados, mas não é legal! Como disse: "esse é o preço da Democracia!"
Quanto as agressões... as manifestações são legítimas e o governo utiliza a força do Estado (polícia distrital) como forma de blindagem à corrupção. Isso é uma vergonha!!!
Agora, dois fatos me estranham:
1)porque na época do mensalão do PiTi, ops, PT, não houve manifestação tão incisiva como está ocorrendo no Governo Distrital de Brasília? Onde estavam os manifestantes àquela época? Por que não tentaram invadir o Congresso Nacional ou o Palácio do Planalto???
Resposta: "EU NÃO SABIA DE NADA"
2)o governador Arruda, se não estou enganado, quando senador, foi acusado de ter fraudado o painel eletrônico do senado e, às vésperas da instalação da CPI para apurar os fatos ele renunciou o mandato para que pudesse se candidatar na próxima eleição. foi o que ocorreu. Tornou candidato eleito a governador hoje está aí, envolvido em mais um caso de corrupção. "Essa é a nossa democracia!" (obs: com participação direta da sociedade)
... mas não é só.... no mensalão do PiTi, ops, PT, também houve a mesma situação... deputados renunciaram ao mandato e hoje estão aí nos representando.
... o povo brasileiro tem muito, mas muito a desenvolver, principalmente quando tem em suas mãos a principal arma da democracia... O VOTO!