18 de mar de 2011

Chopp&VinhoTinto: Bendita Tapioca


Como estão todos? Espero que bem, porque nós estamos muito bem e felizes com a escolha que fizemos essa semana. E nada melhor que acertar nas escolhas né. É bom demais quando você convida alguém para ir a algum lugar e tudo dá certo e foi isso que aconteceu na "visita" dessa semana. Foi uma Bendita escolha irmos à Bendita Tapioca!

Mas, vamos começar do começo.

A primeira vista temos um problema. Sem estacionamento no "baixo oeste" (setor oeste) quase centro. A noite deixar o carro naquelas ruas ali é um pouco perigoso, mas é amenizado por dois fatores. É bem perto da Assembléia Legislativa, na Alameda dos Buritis mesmo. Então, por ser próximo e a Assembléia ter policiamente o tempo todo "ajuda" um pouco. E tem um segurança do próprio estabelecimento que fica "de olho" nos carros.

Mas, isso pode virar problema, pois se algo acontecer com o carro, eles não vão se responsabilizar e o cliente vai querer jogar a culpa neles e assim por diante, mas....

Deixemos isso de lado porque foi tudo muito bom a começar pela casa que é um atrativo a parte bem conservada no seu estilo Art déco.


O ambiente interno tem uma decoração bem aconhegante e tranquilo, com uma iluminação intimista e em algumas paredes fotos históricas de Goiânia, que mostram como já foi nossa Capital, que valem a pena ser conferidas.

Mesmo o ambiente interno sendo "incrível", o quintal é mais o meu estilo. Mesas em uma varanda, de frente para um gramado com jabuticabeiras e no fundo ainda um belo espaço infantil. Tem mesas no gramado com guarda-sóis, que havia sido a minha escolha, mas que por falta de espaço tivemos que deixar e voltar para a varanda.

Só pelo lugar em si, eu já iria embora contente, pois realmente os espaços são muito aconchegantes e te levam a pensar que estamos longe de Goiânia, quem sabe em Piri ou em Arraial D'Ajuda.... quem me dera.

O melhor é que não fica somente nos ambientes as delícias do Bendita Tapioca, que aliás vou dar um pitaco chato, a decoração da varanda pode ser melhorada, não sou a favor de banner na parede anunciando produto, não tem a ver com o clima do lugar.

Então, voltando ao cardápio. Pra começar eles tem variedade, mas não é tão extenso e sabe mostrar que a casa cuida dos clientes. Porque? É uma casa especializada em Tapioca, que daqui a pouco vamos falar, porque é MUITOOOOO BOA, aliás boa pra CA%$!L#O! Mas, e se você for comemorar seu aniversário lá e alguém não gostar de tapioca? Sim, tem outras opções. Pratos montados que parecem ser muitos saborosos, carnes, frangos e peixes estão entre as opções e ainda saladas muito bem montadas.

Tem também a opção de pratos executivos que são, se não me engano, para o almoço de segunda à sexta-feira.

As bebidas são outro show a parte. Milhares de sucos, sim milhares, muitos mesmo, várias misturas, que dão água na boca. Ainda cremes com o mesmo tanto de opções e ainda tem refrigerante também, vinhos boa variedade, whisky, licores e muitas opções de cervejas, tanto as tradicionais como premiuns como Baden Baden e Eisenbahn. Realmente me surpreendeu muito a extensão das opções, mas nada que deixe o cliente confuso, pelo contrário se eu pudesse pedia tudo junto, suco, vinho e cervejas. Ah, tem cafés diversos e até chocolates, uma verdadeira delícia que a Carol adora sempre e faz questão!!!


Agora vamos ao principal da noite as TAPIOCAS EXCEPCIONAIS! Começa pela variedade, são 27 tipos entre salgadas e doces que, assim como as bebidas, o difícil é escolher qual delas ou quantas delas você vai comer. Tem as tradicionais e algumas diferentes como com bacalhau, salmão, e etc...

Você pode demorar pra escolher, porque elas saem muito rápido, pelo menos sairam quando fomos e não estava vazio. E quando chegaram, a noite ficou ainda melhor.


A começar pelo tamanho, são grandes e a apresentação faz você querer devorar.

Vamos a massa, é bem diferente daquelas que comemos no café da manhã de algum hotel do nordeste ou na rua das cidades praianas. Pois é, você gosta de tapioca e acha que aquela massa sequinha e crocante é boa né, mas experimente a massa da Bendita.... Putz, é macia, e com uma textura sem palavras.... cara, é muito bom! E os recheios então, faz você não querer parar de mastigar! Eita, falei demais, cadê a Carol?

Só você mesmo Emerson, vejo que está quase vivendo um caso de amor com um estabelecimento e uma tapioca, ou várias, né Emerson? (Cuidado Carol, meio dúbia essa frase, assim vc me compromente... RS...)

Mas, como não se encantar com esse lugar? Em uma região meio central, meio setor oeste, fora de todo o circuito “gastronômico” tradicional e óbvio “da Goiânia, como o Emerson bem descreveu é uma casa antiga, bem revitalizada, uma coisa meio Pirenópolis, meio Goiás velho, com um quintal delícia, sou fã incondicional de quintais, se tiver jabuticabeiras então, sou capaz de chorar de emoção. Rsrsrs

Um lugar que vale a visita pelo ambiente, decoração e cuidado nos detalhes, dos mosaicos de azulejos no chão de cimento queimado até o espaço no fundo da casa reservado p/ as crianças, com direito a quadro negro e parede cor de rosa p/ rabiscar com giz, adivinhem se me identifiquei?

Além da especialidade da casa, a tapioca, deliciosa, divina, bendita, maravilhosa, também tem outras opções interessantes, e o melhor SEM GLÚTEN, como cuscuz de milho.
Comi a tapioca de carne de sol com queijo coalho e estava, realmente, bendita.




Os sucos também deram um showzinho a parte, misturas super inusitadas e funcionais, quase não gosto disso né? Pedi um de abacaxi, maçã e hortelã... booommmm

As tapiocas doces (sim tivemos que fazer esse sacrifício pelo blog), estavam excepcionais, ficamos entre a de coco (fresco ralado) com leite condensado e a de nutella com morangos (os morangos foram por nossa conta, mas acho q eles deveriam incluir essa opção no cardápio). Nham nham nham...

Ah! Uma coisa que fiquei com vontade de experimentar foi o pudim de tapioca, preparação bem típica, mas que normalmente só se come na casa de alguém, ou no nordeste...


Pra mim só tem duas coisinhas que precisam melhorar nesse estabelecimento, o primeiro é tirar a tv da varanda, ou colocar um dvd de música, imagens, mas nunca, jamais em tempo algum, tv aberta. Quebra todo o clima, na minha opinião. Ambiente precisa incluir também o som que é algo capaz de salvar, fazer ou até acabar com qualquer noite. Música é perfume, como disse Maria Betânia, ou seja, sensações, sensações...

Outro ponto a ser melhorado é o banheiro (vcs acharam q eu não ia tocar nesse ponto? Rá), apenas um, para a quantidade de pessoas que a casa comporta, acaba sendo pouco e difícil manter a limpeza e organização...

Fiquei sonhando em voltar com minha avó e tias p/ tomar um chá da tarde, com cafezinho e cuscuz, com minha afilhada p/ ela rabiscar a parede cor de rosa, com meus amigos para conversarmos na mesa grande no quintal e com um romance para tomar um vinho, debaixo da jabuticabeira, vendo a lua e sentindo a brisa... Ou seja, é um lugar que cabe todo mundo... E o melhor, apesar de servir tapioca, tem um clima bem goiano de resgate daquilo que vivemos de melhor o luxo das coisas mais simples da vida como um quintal...

Realemente Carol, é tão bom se encantar com coisas simples... então, parando de poesia e fechado o texto experimentei um pouco da tapioca de uma quase prima minha (RS) de bacalhau e estava melhor que a que eu comi que por incompetência minha e da Carol foi a mesma da dela, ela até imitou a o adicional de rúcula que pedi.

Mas, então bebi a Eisenbahn, cerveja do Sul que me lembrou a Oktobeerfest, mas isso é assunto pra outro tempo e estava muito bom.

Beleza, tudo bom maravilhoso, mas não posso deixar de falar dos garçons, eu quase ri, foi mal. A gente lá pedindo as tapiocas ai de repente o cara vira e fala:”- Duas 1 0 4 2 e uma 1 0 3 8 ?” Eu disse “KOMÉKIÉ?” (como é que é?).

Cara na boa, tem que saber o código é você amigo, decorar esse trem ou olha depois, faz isso com o cliente não. Moral, tivemos que abri o cardápio de novo e pedir tudo é códigos. Gente, código é pra internos, os clientes não devem e não vão saber disso, falem a língua do cliente, OK!?!?!?!?
Calma pessoal, jamais falaria isso pro garçom, tá bom jamais não. Se eu voltar lá e ele perguntar o código eu falo, pode ser assim? Tá bom, falo não, pronto.

E pra finalizar o preço é bom, eu diria muito bom. As tapiocas de sal ficam entre 5 e 15 reais e as de doce não sei porque não comi, mas deve ser isso. Pro tamanho que elas são, a maioria das pessoas se daria bem com uma só. Então pra uma refeição, seja café da manhã, lanche ou janta, tá um bom preço.

Importante também, eles abrem às 8:00hs da manhã e vão até 23 horas, ou seja, o dia que acordar disposta a comer tapioca e não estiver em Itacaré, nem Porto Segurou ou coisa assim vá ao Bendita e te garanto a tapioca será melhor. É isso, como sou bonzinho vou deixar a Carol quase finalizar....

Obrigado Emerson... Então , Esperamos ansiosamente, as opiniões e sugestões de vocês. Afinal essa é a razão dessa coluna existir, pessoas que leiam e comentem e amem a gente. Rsrsrs Pode discordar tb, mas com jeitinho que somos sensíveis... né Emerson? Seu liMdo?

Falei quase finalizar ali em cima porque já tinha lindo esse sentimentalismo todo da Carol e devo discordar, não somos sensíveis, afinal ninguém aqui fica escrevendo versinhos por ai, fica? Ah obrigado pelo liMdo, minha mãe também acha e vc também é. ( que coisa mais piegas esses elogios aqui né, desculpem gente!

Piadas sem graças a parte, é isso e fique sempre a vontade e como fiz no outro blog e vou fazer sempre obrigado pelos comentários da Camila, Rafael e Leonardo e todos que comentam e indicam pelo twitter e facebook, podem fazer isso sempre! Obrigado!

Já fizemos "Chopp&VinhoTinto" desses lugares abaixo, é só clicar no nome para ler:

- Trupe do Açaí
- Carne de Sol 1008
- P de Pizza
- Baobá

7 comentários:

Alessandra Nery disse...

Gente, sinceramente, nunca acompanhei um blog com tanto entusiasmo...adoroo os comentários que vcs fazem e a Carol é a pessoa certa para identificar detalhes que nem sempre observamos (ou observamos e não damos a real importância)... Ah, além de fazer com que nossa imaginação vá tão longe quanto a dela...Já me deu uma vontade enorme de comer tapioca só para poder levar meu sobrinho para rabiscar muito essa tal parede cor de rosa...rsrsrs!!
Então, Emerson e Carol continuem com o lema: "Tudo pelo blog"... aguardo mais dicas de bons lugares para ir em Gyn...BjoO!!!

Cau disse...

Nossa, fiquei com vontade de ir lá. Adoro tapioca! Acho que é herança da minha vó paraibana, e ela fazia uma tapioca que... ah, faz falta!
E na proxima parada, me chamem! Juro que não vou achar ruim! hahaha
Bjos, Clarissa (Cau)

J34N disse...

fiii, falto vc colocar esse no face!!!
tah melhorando d+ os post.
lugar show, tapioca otima

Leonardo Rodrigues Magalhães disse...

já fui 2 vezes na Bendita Tapioca ... e comi horrores em ambas, motivo pela qual tentei não voltar lá hehehehe

uma tapioca salgada e uma doce foi a minha pedida em ambas idas. Digamos .... que eu tenho 'espaço abdominal' pra tal pedido :)

as tapiocas são fantásticas, saem bem rápido, atendimento tranquilo (nem perfeito mas não ruim). A área lá no fundo é maravilhosa, mas realmente podia ser menos poluída. Achei estacionar bem tranquilo, na avenida mesmo. Pelo menos é menos perigoso que estacionar naquelas quebradas pra ir no 1008 ....

Fora isso, odeio vocês ... fiquei com vontade de voltar lá na Bendita Tapioca ... ai ai, vocês são foda, ficam atiçando minhas lombriguinhas :)

Leonardo Rodrigues Magalhães disse...

algumas dicas pra você e Carol pensarem pros próximos 'post-análise' dos lugares :)

podia tentar colocar algumas informações resumidas sobre o lugar, tipo: se aceita cartão de crédito, cartão de débito, dias e horários de funcionamento do estabelecimento, talvez o endereço do site se tiver ... sabe, alguns dados não necessariamente opinativos. Não sei se vocês vão querer divulgar a informação, mas colocar o que foi pedido e quanto foi pago, pra ter uma noção de valor. Ou pelo menos, como fazem outros guias, criar uma escala de valor médio por pessoa, tipo $ = até 20, $$ = 20 a 40, etc etc

e essa é pra Carol .... já que você não cansa de reparar no banheiro, que tal começar a reparar se o local tem acessibilidade pra cadeirantes ??? Não é o meu caso, mas achei que talvez seja uma coisa a ser reparada e que possa ser uma informação interessante pra alguns.

bom, por hora, que eu me lembre, é só ...

parabéns pelos posts !

|Guilherme Reis disse...

Olha.... acabei de chegar de Fortaleza e vou te falar o que a Divina tapioca seve por lá não é bem uma tapioooooca, massa grossa e "puxenta", de sabor forte. Não esperimentei em varios locais la em Fortaleza, mas no Hotel Gran Marquise a massa é fina e crocante, com recheios bem variados, desde a mais simples apenas com mussarela, até a mais elaborada com queijos mais elaborados.

|Guilherme Reis disse...

ops... retratando Bendita Tapioca!!!!!!