15 de jan de 2011

Um Versinho quase Triste

Um versinho triste em escrever eu pensei,
duas vezes eu tentei,
mas, parei.
Parei porque hoje eu acordei,
olhei pro lado e lembrei,
em quantas aventuras já me joguei,
que ao amor sempre quando ele chama me entreguei,
e que as pequenas coisas da vida ao máximo aproveitei.
Então, parei, respirei e me alegrei.
E esse versinho finalmente ao fim cheguei.


Emerson Reinert

Nenhum comentário: