3 de mai de 2010

Inspire-se!

Inspiração não se compra, não se acha, não se vende.
Inspiração se sente.
Não é só fechar os olhos, franzir a testa e abrir a mente.
Não, não adianta estar com o coração vazio pedir desesperadamente.
assim, ela não atende.
Às vezes, o que precisa é respirar e pensar pausadamente.
Sentir o que realmente se sente,
No fundo do peito, às vezes sadio às vezes doente,
Uma paixão que pode ser latente,
Ou só algo quando se está carente,
Mas não é preciso ser vidente, valente, nem indigente,
Para que a inspiração então se faça presente, felizmente.
Só uma dica: viva intensamente!


Emerson Reinert

Um comentário:

Raquel de Carvalho disse...

Disse tudo!!!!!Gostei!
Muito bom!!!
Beijosssss