21 de jul de 2010

Cadê a Sapeca?

O dia vai indo,
a noite vai caindo...
Vejo você:
linda, moleca, sapeca, sorrindo.
Penso é possível ali ter tristeza,
em meio a tanta beleza?
Solte as amarras,
não deixe sua vida ir indo,
se assuma e viva sempre num sonho lindo!




Emerson Reinert

4 comentários:

Patty disse...

Lindo muito lindo seu poema!!! Coincidências ou não, rsrs... vc vai ver no meu poema do de blog de amanhã que falo sobre uma moleca sapeca! E escrevi ontem viu não é plagio, aviso de antemão escrevi ontem durante uma palestra.

Bjão
Me encantei pelo texto

Michelly disse...

Ahh q lindo! adorei esse! to fazendo a maior propaganda dos seus poemas aqui na Rússia! hushsahsa
beeijo lindinho
saudade!

Dai disse...

Emerson,

"Cadê a sapeca", até ri...rs

Ó, a vida nem é sempre sonho, não é? Mas é precisa encará-la com leveza e estar acordo pra que, quando repousar, a gente valorize os sonhos bons.

=*

Talita disse...

Nem sempre a vida é um sonho.
Muito bom teu blog, texto maravilhoso.
beijos