3 de ago de 2010

Eterna Calmaria

Hoje estou mais vivo.
Um pouco doído.
Mas, vivo.
Não, o mundo não acabou.
Mas, talvez um furacão passou.
As coisas estão sim um pouco fora de lugar.
E é bom ter esse leve desafio,
de buscar os meu pedaços por ai.
Leve, doído, mas preciso.
São tantos lugares,
e tantos pedaços.
Um você levou,
na sua pequena perfeição.
Estou assim,
Um navegante olhando o céu azul,
e perguntando, será,
que antes da próxima tempestade passar
eu vou conseguir chegar em algum lugar.
Sim, hoje eu olho o céu e suspiro.
Porque,
É melhor passar um furacão por dia,
que viver numa eterna calmaria.

Emerson Reinert

4 comentários:

Mary disse...

tudo que se perde um dia pode volta no outro se o que se perdeu for realmente pra ser nosso sempre volta
texto perfeito son ;*

Raquel Diniz disse...

Que texto lindo, mas o sentido dele é triste, vê se junta seus pedaços e volte a ficar inteiro!

bjs

Patty disse...

Noites e dias
Tempestade e calmaria
O amor não tem explicação
Junte seus pedaços pra revolução!
E bora pra vida, sorrisão no rosto?

Lindo texto e bem ilustrado!

Beijinhos

Anônimo disse...

me , desculpe por está postando , mas queria te sentir outra vez , estou lendo tudo que escreves , cada vez melhor, fique bem to com saudade mas permaneço distante, assim não podes reclamar de mim , mas gosto de ti no fundo da minha alma beijos e abraço. eu