8 de set de 2010

De Molho


A música me diz:
"Torna o amor real,
é expulsá-lo
para que ele possa ser de alguém"
e a outra proclama:
"Guardei sem ter porque,
nem por razão ou coisa outra qualquer"
e enfim Belchior encerra:
"Quando me amar,
me abrace e me beije bem devagar,
que é para eu ter tempo,
tempo de me apaixonar!"
Porém vivemos sem tempo e
guardando sempre o melhor pra depois!
Às vezes não vejo razão,
mas mesmo assim ele fica guardado.
E pelo jeito assim vai ficar um bom tempo.
De molho!

Músicas:
Coração Selvagem - Belchior
Emerson Reinert

7 comentários:

Emerson disse...

Testando novo sistema de comentários! SEM COMENTÁRIOS ANÔNIMOS AGORA!!!

Raquel Diniz disse...

Não sou anônima posso comentar rs.. Não seja assim.. abra seu coraçãozinho! rsrs
bjs

Roney disse...

massa!

Patty disse...

Isso ai apoiadíssimooooo!!! Nada de coments anônimos, quer comentar mostre a cara...rsrs!!!

Então, vivemos sem tempo e nos esquecemos que o tempo voaaa, não para, as pessoas passam por nossas vidas e amanhã pode ser tarde!

Então não perca mais tempo e saia do molho!!!

Bjao Lindo
http://hippieechicks.blogspot.com/

Raquel de Carvalho disse...

Adoreiii!
Beijos

Amanda Gabriela disse...

Achei
Vendo em você
E explicação
Nenhuma isso requer
Se o coração bater forte e arder
No fogo o gelo vai queimar. . .

qnd estamos de molho, não esperando absolutamente nada, é qnd acontece algo ;D

sorriso de julia disse...

FICAR DE MOLHO É QUANDO AS COISAS RUINS VÃO EMBORA.