11 de jun de 2010

Entre uma taça e outra!

Entre uma taça e outra,
seu gosto em minha boca.
Um vinho encorpado,
seu corpo do meu lado,
eu inspirado,
de desejo tomado.
A garrafa eu procuro,
minhas mãos me desobedecem,
com você elas brincam no escuro.
Já me embriaguei,
de você me esbanjei,
nada como um bom....
ixi acho que me apaixonei!



Emerson Reinert

7 comentários:

Michelly disse...

ahhh Lindinho, cada vez vc escreve melhor neh...mas como vc disse: "Proibido para menores de 18 anos"kkk

Priscila Rôde disse...

Você acha? Só acha? rs

Raquel de Carvalho disse...

Hummmm
tá q tá hein!!!!!
eheheh
Muito Bom!!!!!
Beijos

Marina Nery disse...

Ixi! Acho que eu adoreeei esse!
=D
Beijos queridoo!

Raisa disse...

"Ixe...acho q me apaixonei" rs Beijo primo! tá escrevendo mto bem!

Ney ou Roney disse...

vinho é a melhor fonte inspiradora para escrever!!! e para outras coisas também, parabéns!!

entre uma taça e outras, entre um poesia e uma rima, entre paixão e aquela menina...a certeza de ter no coração a ostentação de uma ilusão.

duda disse...

e porque será que a gente sempre se apaixona???